Uncategorized

A Guerra Final

B”H

 

Haverá a Guerra do Armagedom?
Haverá a Guerra de Gog e Magog?

A Guerra Final

 

Por Rabi Tzvi Freeman (Chabad)

 

Algumas pessoas estão à espera de uma guerra final, apocalíptica.

Mas a guerra final é travada
não nos campos de batalha,
nem no mar,
nem nos céus acima.

Tampouco é uma guerra entre líderes ou nações.

A guerra final é travada no coração de cada ser humano,
com os exércitos de suas ações neste mundo.

E com uma simples decisão:
Estou aqui para ser engolido vivo na confusão sem sentido?
Ou estou aqui para iluminar (o mundo)?

 

Por Rabi Tzvi Freeman (Chabad)

© Chabad.org
© Noahidebr 2015-2019

Traduzido do inglês por Noahidebr/Bnei Nôach Brasil ©  2015-2019 Noahidebr

https://noahidebr.com/copyright/

Anúncios
Padrão
Uncategorized

Saudações de Fim de Ano

B”H

 

Perguntas E Respostas

 

(Atenção:
Nas palavras transliteradas, o “sh” tem som de “CH”. Exemplos: “Shulchán”; “Shalóm”.)

Nas palavras transliteradas, o “ch” tem som de “RR”. Exemplos: “Shulchán Arúch”.)

 

Por Noahidebr

 

Pergunta:

Sou noaíta. Como noaíta, naturalmente, não comemoro o natal. O que devo responder quando me desejam “Feliz Natal”? Devo simplesmente repetir a saudação ou devo educadamente informar que sou noaíta e que não comemoro o natal?

 

Resposta:

Em primeiro lugar, devemos levar em conta que, hoje em dia, muitos que desejam “Feliz Natal” fazem-no apenas por educação, e não porque comemoram-no. Muitos são cristãos não-praticantes e muitos sequer acreditam no natal.

De qualquer modo, o Chabad.org declara: “Não há nenhum problema em desejar (a um cidadão cristão) um feliz ano novo, e de coração.”
Sobre isto (i.e., responder à saudação em vez de ficar quieto ou dizer que não comemora), 
o rabi Joshua Jonathan explica: “No Shulchán Arúch, o Rabi Moses Isserles chama a atenção para a necessidade de sermos bons cidadãos em uma sociedade onde judeus e noaítas e cristãos convivem e fazem negócios juntos, mesmo no que diz respeito a saudações problemáticas. Tudo é feito em prol da paz. A idéia é reduzir as tensões, não aumentá-las.”

Se ainda assim você se sente desconfortável em responder “feliz ano novo”, o rabi indica:

“Que você tenha um dia abençoado.”

“Shalóm.”

“Assim, se alguém que sabe que você é noaíta (e, portanto, sabe que você não comemora o natal) lhe diz “Feliz Natal” só para lhe provocar, prossiga a conversa elevando-a respondendo “Shalóm”. Mas se é simplesmente alguém na rua, no cinema ou no supermercado, (responder “feliz ano novo”) ou “Boas Festas” estará bom da mesma forma.”

 

© Chabad.org
© Rabi Joshua Jonathan
© Noahidebr 2015-2019

https://noahidebr.com/copyright/

Padrão