Uncategorized

66 Ramificações dos 7 Mandamentos Noaicos

O Rebe ensina que “os Sete (Mandamentos Noaíticos) são instruções gerais que abrangem inúmeros detalhes.” Ele fala da “observância dos Sete Mandamentos com todas as suas implicações e detalhes”, ou, “com todas as suas ramificações e extensões”.

Aqui está uma demonstração das Sete Leis representarem SESSENTA E SEIS (Leis).

 

 

SevenLawsNoahAharon

66 Ramificações dos 7 Mandamentos Noaíticos

 

7 Leis de Noé = 7 Categorias de Leis de Noé (que podem conter 66 Ramificações)

 

Por Rav Aharon Lichtenstein

 

Embora existam 7 Mandamentos Noaicos ou Noaíticos básicos [(os Mandamentos dados pelo PRÓPRIO CRIADOR para toda a humanidade)], é possível subdividi-los em 66 ramificações de acordo com o Rav Doutor Aaron Lichtenstein em seu livro “The Seven Laws of Noah” (“As Sete Leis de Noé”). Ele baseia essas ramificações nos 613 mandamentos para os judeus enumerados pelo Rav Moisés Maimônides. Destas ramificações, 52 são negativas e 14 são positivas.

O número de ramificações para cada uma das 7 Categorias de Mandamentos Noaicos são:

Idolatria (10)
Blasfêmia (8)
Roubo (16)
Assassinato (1)
Relações sexuais ilícitas (10)
Justiça (19)
Membro de uma criatura viva (2).

 

Para obter mais explicações sobre Ramificações dos 7 Mandamentos Noaíticos, você deve consultar o seu Rabino Ortodoxo local.

 

 

· Categoria do Mandamento da Proibição de Idolatria (10 ramificações):

1. “Proibido pensar que exista alguma divindade à exceção de Hashem, o Uno e Único.”

2. “Proibido fazer para si mesmo, ou mandar qualquer outra pessoa fazer, qualquer imagem de escultura (imagem esculpida) com fins de adorá-la.”

3. “Proibido fazer ídolos para serem usados por outra pessoa.”

4. “Proibido fazer quaisquer estátuas, mesmo que elas sejam para fins ornamentais.”

5. “Proibido curvar-se a qualquer ídolo [ou jurar por ele, ou oferecer-lhe vinho ou qualquer outra coisa, ou oferecer-lhe sacrifícios, ou acender incensos para ele, ou realizar qualquer ritual religioso perante ele, mesmo que não seja a forma habitual de adorá-lo].”

6. “Proibido a adoração de ídolos em quaisquer das suas formas habituais de adoração.”

7. “Proibido sacrificar os filhos, ou fazê-los passar pelo fogo, em honra a Molech (Moloque).”

8. “Proibido a prática e consulta de ov.”
[Ov é a adivinhação por meio de um mantra para obter um transe meditativo para se comunicar com os mortos.]

9. “Proibido a prática e consulta de yidoni.”
[Um yidoni envolve atos rituais e meditação como uma forma de profecia imaginária.]

10. “Proibido recorrer a qualquer coisa idolátrica [em palavra, em pensamento, em ação ou por qualquer observância que possa nos levar à sua adoração].”

 

· Categoria do Mandamento da Proibição de Blasfêmia (8 ramificações):

1. “Reconhecer a existência de D’us.”

2. “Temer (reverenciar) a D’us.”

3. “Orar a D’us.”

4. “Santificar o Santo Nome de D’us
[mesmo através do martírio].”

5. “Proibido difamar o Santo Nome de D’us [ainda que se chegue ao martírio].”

6. “Estudar as partes permitidas da Torá.”

7. “Honrar os estudiosos (sábios) da Torá/
Respeitar nossos professores
{e ainda respeitar os idosos}.”

8. “Proibido maldizer (proferir insultos).”

 

· Categoria do Mandamento da Proibição de Roubo (16 ramificações):

1. “Proibido furtar [isto é, secretamente].”

2. “Proibido roubar [isto é, abertamente].”

3. “Proibido usurpar.”

4. “Proibido trapacear/defraudar.”

5. “Proibido deixar de pagar dívidas.”

6. “Proibido cobrar a mais {enganar em negócios}.”

7. “Proibido cobiçar.”

8. “Proibido invejar as posses de outras pessoas.”

9. “Permitir a um trabalhador que coma das frutas/cereais que ele está colhendo [mas sob certas condições].”

10. “Proibido um trabalhador comer das frutas/cereais que ele está colhendo [quando ele não está autorizado].”

11. “Proibido um trabalhador comer mais do que o permitido das frutas/cereais que ele está colhendo [ele não tem permissão para colher para si mesmo para levar para casa ou para comer mais tarde].”

12. “Proibido sequestrar.”

13. “Proibido usar falsos pesos e medidas.”

14. “Proibido possuir falsos pesos e medidas.”

15. “Deve-se ser exato e preciso no uso de pesos e medidas.”

16. “O ladrão deve devolver [ou pagar] o objeto roubado.”

 

· Categoria do Mandamento da Proibição de Assassinato (Uma ramificação):

1. “Proibido assassinar qualquer pessoa [o assassinato não é o mesmo que matar {em legítima defesa} ou executar {judicialmente}].”

 

· Categoria do Mandamento da Proibição de Relações Sexuais Ilícitas (10 ramificações):

1. “Proibido ter união com sua mãe.”

2. “Proibido ter união com sua irmã.”

3. “Proibido ter união com a esposa de seu pai.”

4. “Proibido ter união com a esposa de outro homem.”

5. “Proibido o homem ter relação sexual com animal.”

6. “Proibido a mulher ter relação sexual com animal.”

7. “Proibido o homem ter relação sexual com outro homem.”

8. “Proibido ter relação sexual com seu pai.”

9. “Proibido ter relação sexual com o irmão de seu pai.”

10. “Proibido engajar-se em conduta erótica que possa conduzir a uma união proibida. [Quer dizer, não ter prazer corporal não sexual (intimidades) com pessoas cujo casamento seria ilícito.]”

 

· Categoria do Mandamento de Estabelecer Tribunais de Justiça (19 ramificações):

1. “Nomear juízes e oficiais de justiça em cada uma das comunidades.”

2. “Tratar os litigantes com igualdade perante a lei.”

3. “Investigar diligentemente o depoimento das testemunhas.”

4. “Proibido proceder maliciosamente contra qualquer um dos litigantes.”

5. “Proibido um juiz aceitar presentes ou subornos dos litigantes.”

6. “Proibido um juiz se simpatizar mais com um dos litigantes no julgamento.”

7. “Proibido um juiz agir com medo de ameaças de um dos litigantes.”

8. “Proibido um juiz, por compaixão, favorecer um litigante pobre.”

9. “Proibido um juiz declarar um litigante culpado só porque ele é conhecido por ser desonesto ou mau (Proibido condenar uma pessoa má injustamente).”

10. “Proibido um juiz, por fraqueza, não impor as penas justas e apropriadas.”

11. “Proibido um juiz discriminar o estrangeiro[, o desamparado] ou o órfão.”

12. “Proibido um juiz ouvir somente um litigante, sem a presença do outro.”

13. “Proibido a nomeação de um juiz que não tenha conhecimento da Lei.”

14. “Proibido a incriminação por provas circunstanciais.”

15. “Proibido punir quem cometeu uma falha sob coação.”

16. “{Somente} um Tribunal de Justiça tem competência para administrar a pena capital.”

17. “Proibido alguém tomar a lei em suas próprias mãos para matar o autor de um crime capital. Vingança.”

18. “Testemunhar no tribunal.”

19. “Proibido testemunhar em falso.”

 

· Categoria do Mandamento da Proibição de Comer Qualquer Parte De um Animal Ainda Vivo (2 ramificações):

1. “Proibido comer partes de um animal, besta ou ave, que está vivo.”

2. “Proibido comer partes de um animal que foi morto por outro animal (Proibido comer um animal dilacerado).”

 

© The Noachide Association of Great Britain (noahide.org.uk)
© Noahide (noahide.org)
© Wikinoah (es.wikinoah.org)

 

Não nos esqueçamos de que o Noaísmo não é uma religião e não é uma seita judaica. Os noaítas (Bnei Nôach/Filhos de Noé) não são judeus. As Mitsvót (Leis Divinas) Universais são O Código de Conduta para toda a humanidade (por isto não tratam dos ritos judaicos (Shabát, Festividades, tefilín, etc.)).

 

Traduzido do inglês e do espanhol por Noahidebr

© Noahidebr 2015-2018

https://noahidebr.com/copyright/

 

Veja também:

https://noahidebr.com/palavras-do-rebe-a-toda-a-humanidade-a-todos-os-nao-judeus-do-mundo/

Anúncios
Padrão